segunda-feira, 2 de julho de 2012

Informalidade entre 2009 e 2012 - Frederico Matias Bacic




Acima está o gráfico, retirado do IPEA, com a evolução mensal do nível de informalidade no Brasil nos anos de: 2009 2010, 2011 e o início de 2012. Quanto menor nível de informalidade melhor será para os trabalhadores, já que ao se tornarem formais terão acesso a benefícios como seguro desemprego, FGTS, INSS, entre outros.

É notável a melhora deste índice ao longo dos quatro anos apontados, mas ainda há espaço para melhora. Atualmente estamos com um nível de emprego recorde em nossa economia, entretanto é necessário avaliar não apenas quantitativamente, mas qualitativamente. É melhor que as pessoas estejam empregas informalmente, do que desempregadas, mas não podemos olhar apenas o que é feito. Temos que analisar o que é feito dentro das potencialidades de nosso país. Neste caso ainda existe muito espaço para a formalização na economia brasileira.

Frederico Matias Bacic

Nenhum comentário:

Postar um comentário