quarta-feira, 28 de março de 2012

A dificuldade em manter o Real desvalorizado mediante a Quantitative Easing (QE) – Frederico Matias Bacic



É grande o esforço do Governo Federal para manter o Real desvalorizado. Todavia o nossa moeda tende a se valorizar perante o Dólar e grande parte desse movimento se deve as medidas de Quantitative Easing aplicadas pelo Federal Reserve (FED).

A QE é uma política monetária utilizada por bancos centrais, com a finalidade de estimular a economia, quando a política monetária convencional se tornou ineficaz. Um banco central compra ativos financeiros (títulos tais como dívida pública, hipotecas e empréstimos comerciais)  para injetar uma pré-determinada quantidade de dinheiro na economia. Desta forma ocorre um aumento do preço dos ativos financeiros, reduzindo juros.


 Com esta compra de ativos ocorre um incremento da base monetária, aumenta a quantidade de  dinheiro no sistema bancário, aumentando a quantidade de reservas em poder dos bancos comerciais e, por sua vez, a liquidez. O ponto principal é que o aumento resultante em reservas oferece a oportunidade de os bancos comerciais emprestarem mais, já que as taxas de juros tendem a cair e precisam encontrar melhores rendimentos. Desta forma almeja-se o  estimulo da economia.

O grande problema é que esta política utilizada pelos Estados Unidos, nos últimos anos, aumenta a quantidade de dólares em circulação fazendo com que todas as outras moedas, a nossa inclusive, se valorizem perante a moeda americana.  A valorização do Real acarreta em uma perda da capacidade de exportação e aumento das importações, o que pode acarretar em problemas nos níveis de emprego e no  Balanço Comercial.

Frederico Matias Bacic

Nenhum comentário:

Postar um comentário