terça-feira, 27 de dezembro de 2011

"Brasil já é a sexta maior economia do mundo" - Legal, mas não podemos nos vangloriar - Frederico Matias Bacic



Boa noite pessoal. Tentei me afastar do Blog por uns dias, para descansar, mas não está fácil. Sempre aparece um bom assunto para ser comentado.

Muito se falou essa semana que agora somos a sexta maior ( pela ótica do  PIB) economia do mundo. Mas o que isso quer dizer? Para mim não muito...

O crescimento do PIB mostra que ocorreu um aumento da atividade econômica (pode-se dizer que esse crescimento acarreta em geração de empregos e renda), o que é formidável, mas não mostra uma melhora social efetiva. Temos o sexto maior PIB do mundo, mas se olharmos o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) ocupamos a posição 84°, estamos atrás de países como Trinidad Tobago. México, Argentina, Bahamas. Se observarmos o PIB Per capita a nível mundial ocupamos a 76º posição. 

O que quero dizer como essa pequena postagem é que existem índices econômicos/ sociais mais importantes que o PIB para serem observados. Ter simplesmente um dos maiores PIBs do mundo não quer dizer, por si só, que estamos indo bem, é preciso olhar uma gama de dados, não podemos nos vangloriar em cima de uma única variável. Para ilustrar melhor o que quero dizer imaginemos o seguinte: que todos os países da África se unissem formando uma nova nação, com certeza, esse novo país teria um dos dez maiores PIBs do mundo, mas isso não quer dizer que se tornariam desenvolvimentos e socialmente justos. Seria apenas um grande país, com um grande PIB,  como uma grande população miserável, repleto de problemas sociais.

Frederico Matias Bacic 


Um comentário:

  1. Boa Frederico! O maior desafio, agora, é manter esse nível de atividade econômica, para que se possa melhorar os vários índices que dão embasamento definitivo a um desenvolvimento com justiça social e crescimento sustentável. Abraço!

    ResponderExcluir