segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Memórias de Delfim Netto




O general Costa e Silva, antes de sofrer a trombose que o afastou da Presidência da República, arquitetava para seu sucessor um civil diretamente eleito como Jucelino Kubitschek, Carlos Lacerda ou mesmo Jânio Quadros? Poderíamos ter sobrevivido com menor sacrifício à crise do petróleo se o então presidente da Petrobrás, Ernesto Geisel, tivesse ouvido os alertas vindos da França? Quantas ambições foram queimadas ou envenenadas nos serpentários que se formaram dentro do governo no período militar? Estas são algumas questões colocadas pelo deputado Delfim Netto (PP-SP) no documentário O Brasil por Delfim exibido pela TV Câmara.

Delfim fala dos seus quarenta anos de vida pública, da infância no Cambuci, da Associação Comercial de São Paulo, dos tempos da USP e as primeiras colaborações com Roberto Campos e Octávio Gouveia de Bulhões que o levariam ao centro do poder militar como principal artífice do chamado milagre econômico. Comenta também as frustrações de nunca terem permitido que chegasse ao governo de São Paulo, um embate que o levou a confrontar-se com o alemão Ernesto Geisel e ao exílio dourado da embaixada na França. 


Seu retorno, o Brasil economicamente quebrado no governo João Figueiredo, sua experiência como constituinte, parlamentar e sua aproximação com o governo de Luiz Inácio Lula da Silva. O vídeo tem direção e edição de Roberto Stefanelli e o depoimento de Delfim foi tomado pelos jornalistas Tarcísio Holanda e Ivan Sérgio.

Reprodução autOrizada mediante citação da TV Câmara

Um comentário:

  1. Quando eu era um "garoto" apenas estudando matemática (lá pelos 80) eu demonizava Delfim, pelo seu passado recente junto a ditadura. Quando comecei a estudar economia e ler seus textos (lá pelos 90)comecei a ver como o "cara" era tecnicamente bom (assim como Simonsen).Hoje no Brasil, temos alguns bons economistas: Carlos Lessa, Fernando Nogueira, João Sicsú, mas nenhum com a excelência de Delfim (excessão seja feita a Maria da Conceição).

    ResponderExcluir